Quais são os perigos de suco de limão sem refrigeração?

Recém suco espremido pode estragar muito mais rapidamente do que o suco engarrafado.

O ambiente ideal para o crescimento bacteriano em qualquer item comida é quente e úmido. Se um item de alimentos, como suco de limão, é deixado de fora em temperaturas entre 40 e 140 graus Fahrenheit, considera-se estar no "zona de perigo" para o crescimento bacteriano. O ácido cítrico do sumo de limão actua como um conservante natural e vai impedir as bactérias de crescimento mais rápido, mas ele pode começar a crescer, se deixado por tempo suficiente. Uma vez que a bacteriana estabeleceu um padrão de crescimento rápido, é perigoso para consumir. suco de limão contaminada possivelmente pode levar a uma intoxicação alimentar ou doença.

indicadores

  • Mudanças na cor ou sabor do seu suco de limão pode indicar que ele tenha ido mal. Se o suco de limão gosto plana sem a tanginess citrus normal ou tem uma cor amarela turva ou escura, não consumi-lo. Estas alterações vão ocorrer mais rapidamente com suco de limão espremido na hora, se deixada sem refrigeração já que não existem conservantes adicionais para mantê-lo fresco. sumo de limão fresco só tem um prazo de validade de dois a quatro dias, até mesmo se for refrigerada. Você pode congelar o suco de limão espremido na hora não utilizada para evitar estragar. A esperança média de vida de prateleira para o suco de limão engarrafado aberto e refrigerado é de cerca de seis meses. frascos fechados não precisa ser refrigerado e pode durar até 15 meses. Verifique sempre a data de validade no frasco e a aparência do líquido antes de consumi-lo.

cruz Contaimination

  • Uma vez que as bactérias têm estabelecido seu crescimento e multiplicação teste padrão, manchas de mofo pode formar no seu suco de limão sem refrigeração. Isto não só é perigoso para consumir, mas os esporos de mofo pode se espalhar para outros alimentos em sua cozinha e contaminá-los também. Se você notar o molde em seu suco de limão, ir até a pia e despejar o líquido para fora da garrafa ou recipiente imediatamente. Lavar o frasco para fora completamente e reciclá-lo. Livrar-se de bactérias itens montado e mofados ajudarão a impedir a propagação de esporos de fungos, ajudando assim a reduzir outros fatores de indução de doença possíveis.

Diarréia



  • A diarréia é um dos indicadores mais frequentes que tenham ingerido itens comida ruim ou têm intoxicação alimentar. Este é o sistema de defesa natural do corpo para se livrar de itens alimentares indesejáveis. A diarréia pode ocorrer se o suco de limão teve crescimento bacteriano de estar no "zona de perigo" demasiado longo. Certifique-se de beber bastante água, se isso ocorre para evitar a desidratação. Também é uma boa idéia para ficar longe de alimentos sólidos até que os sintomas desapareçam, especialmente os produtos lácteos, alimentos açucarados, carne e álcool.

Dor abdominal

  • A dor abdominal é um possível indicador de intoxicação alimentar. Este poderia simplesmente ser causada por ácidos do estômago normais ou gás, ou pode ser um sinal de que você tem consumido um alimento contaminado, como suco de limão sem refrigeração. A dor abdominal pode ser acompanhada de outros sintomas, tais como vómitos e diarreia.

vómitos

  • Você pode ter vômitos ou náuseas se você tem comido o alimento que tenha estragado ou contaminado com bactérias ou vírus. Este também é um mecanismo natural de defesa que seu corpo tem de obter invasores indesejados para fora do corpo por qualquer meio necessário. Se este for o caso, não tente parar de vomitar. Você quer que o alimento contaminado fora de seu corpo.

Alterações na temperatura corporal

  • Você pode sentir febre ou calafrios como um sinal de intoxicação alimentar de suco de limão contaminada. Você também pode ter suores frios durante este período. A febre é um indicador de que o seu sistema imunitário está indo na ultrapassagem para tentar combater um invasor indesejado. A febre é um resultado natural a partir deste como o corpo tenta queimar a substância.

De esta maneira? Compartilhar em redes sociais: